Pecuária

Terça-feira, 04 de Dezembro de 2018, 13:37

Tamanho do texto A - A+

EM CUIABÁ

Com mais de 700 participantes, "O Sucesso Deixa Rastros" foca em gestão e aumento da lucratividade na pecuária

Por: Viviane Petroli

Da Redação Mato Grosso Agro

Foto: Fernando Martin

O Sucesso Deixa Rastros

 

“A gestão de uma fazenda às vezes tem muito mais detalhes que uma indústria. Você está em um ambiente vivo”. É assim que coordenador do Instituto Inttegra, Antonio Chaker El-Memari Neto, define o trabalho da porteira para dentro e que muitas vezes não é feito da maneira como deve ser proporcionando assim um aumento da lucratividade. O assunto, visando os caminhos para o aumento da lucratividade na pecuária, foi debatido em Cuiabá durante a sétima edição nacional do "O Sucesso Deixa Rastros".

O evento foi realizado pela primeira vez na capital mato-grossense entre os dias 03 e 04 de dezembro, no Centro de Eventos do Pantanal.

O foco do evento foi orientar os produtores e fomentar a lucratividade na atividade. O evento contou com palestras técnicas sobre gestão, planejamento e resultados na porteira para dentro, além de apresentar cases de sucesso como inspiração para a melhoria da eficiência da gestão na propriedade.

Antonio Chaker afirma que é da natureza do ser humano transmitir a responsabilidade para alguém das que devem ser feitas. Ele salienta que um “líder” não faz isso e sim mostra o caminho a ser seguido e simplifica os problemas.

"O Sucesso Deixa Rastros" é realizado por um pool de consultorias especializadas em pecuária: Inttegra (Instituto de Métricas Agropecuárias), Geagro Soluções Gerenciais, Silveira Consultoria Pecuária e Terra Desenvolvimento Agropecuário.

Segundo Antonio Chaker, “está tudo no equilíbrio. É muito mais lucrativo ser bom em tudo do que ser melhor em algo”.

Em uma de suas palestras, Antonio Chaker abordou como elaborar um planejamento com foco no lucro. De acordo com ele, existem diferentes formas de visão necessárias para uma liderança efetiva no campo. "O líder que busca resultados deve ter visão, coragem e conhecimento para atuar com sucesso. Dessa forma, terá a base necessária para introduzir novas práticas ou mudar o que não está dando certo".

Conforme Fábio Guerra Dias, representante da JBS no evento, "desafios existem" e os "problemas complexos costumam ser os mais fáceis". Ele orienta que o produtor deve “eleger quais são os problemas relevantes e solucioná-los”.

Avalie esta matéria: Gostei +2 | Não gostei