Emprego

Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018, 15:05

Tamanho do texto A - A+

Mato Grosso possui 289 mil pessoas subutilizadas na força de trabalho, diz IBGE

Por: Viviane Petroli

Da Redação Mato Grosso Agro

Foto: Jana Pessôa/Setas-MT

carteira de trabalho

 

O segundo semestre de 2018 em Mato Grosso registrou uma taxa de subutilização da força de trabalho de 16%, o equivalente a 289 mil pessoas que se encontram subocupadas por insuficiência de horas e a força de trabalho potencial. A situação é apontada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), através da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD).

Segundo o IBGE, no Brasil a taxa de subutilização da força de trabalho no segundo trimestre de 2018 foi de 24,6%, o que representa 27,6 milhões de pessoas.

As menores taxas de desocupação apontadas pelo IBGE foram observadas em Santa Catarina (6,5%), Mato Grosso do Sul (7,6%), Rio Grande do Sul (8,3%) e Mato Grosso (8,5%). No Brasil, a taxa de desocupação foi de 12,4%.

O levantamento do PNAD Contínua revela ainda para Mato Grosso a existência de 1,577 milhão de pessoas ocupadas e 147 mil desocupadas. O rendimento médio real habitual das pessoas ocupadas ficou no segundo trimestre de 2018 em R$ 2.186,00.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei