Capacitação

Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019, 17:20

Tamanho do texto A - A+

ASSISTÊNCIA TÉCNICA

Workshop marca encerramento do Senar Tec Leite em Pontes e Lacerda

Por: Assessoria de Imprensa Senar-MT

No próximo dia primeiro de novembro acontece em Pontes e Lacerda, o Workshop ATeG - Senar-MT. O evento será no parque de exposição, a partir das 8 horas e reunirá produtores de leite de toda a região. Um dos palestrantes será o superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Minas Gerais (Senar-MG), Christiano Nascif. Ele também é coordenador técnico do Programa de Desenvolvimento da Pecuária Leiteira - UFV e também do projeto Educampo.

Durante o evento será revelado o nome dos produtores que se destacaram em 2019 e também a "propriedade destaque" do Senar Tec Leite, no período de 2015 a 2019. Este é um programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), desenvolvido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT).

Pontes e Lacerda foi o primeiro município a receber o Senar Tec Leite que atendeu durante quatro anos, 120 produtores de leite. O workshop realizado no primeiro dia de novembro será o marco de encerramento do projeto na região. Nos últimos quatro anos os produtores da região receberam a visita mensal dos técnicos de campo do Senar-MT.

Em 2019, mais de 20 municípios estão sendo atendidos pela ATeG, do Senar-MT. Além da cadeia produtiva do leite, a entidade também está desenvolvendo projetos para a pecuária de corte e para a cadeia produtiva da Horticultura.

A ideia é propiciar ao produtor as ferramentas necessárias para o gerenciamento correto da propriedade. Os técnicos do Senar-MT auxiliam os produtores de leite a entender o seu custo de produção e a ter um olhar diferenciado para várias atividades executadas dentro de uma propriedade rural.

Produzindo leite desde sempre, os irmãos Ildo, Ilton e Nilton Vicente Souza estão entre os 120 produtores atendidos pelo Senar Tec Leite. "Depois de integrados neste programa passamos a ter uma visão mais ampla do negócio, ou seja, quando é para fazer um serviço maior nos unimos e trabalhamos juntos. Nós passamos a ver que a dificuldade de um é a de todos", conta Ildo.

Além desta união que fortaleceu não só a relação dos irmãos, mas de toda a comunidade de Cerro Azul, em Pontes e Lacerda, o conhecimento, a troca de informação e a capacitação se tornaram elementos importantes no dia a dia dos produtores de leite que vivem na região. "Dias de Campo e treinamentos são primordiais para melhorarmos a qualidade do nosso produto e também a nossa renda", acrescenta Ilton. Ele garante que capacitação de mão de obra é primordial em qualquer cadeia produtiva. "Mas na do leite é ainda mais importante porque nosso lucro é muito pequeno".

Já para Nilton, o Senar Tec Leite trouxe conhecimento. "A comida para o rebanho é a coisa mais importante na cadeia produtiva do leite. Este programa nos deu mais conhecimento sobre pastagens, genéticas e também nos orientou sobre a importância da higiene na sala de ordenha. Fomos nos adequando, melhorando e já conseguimos ver o resultado no rebanho e na qualidade do nosso produto. A ATeG é primordial para o sucesso do produtor de leite".

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Preencha o formulário abaixo:

Leia mais sobre este assunto: