Capacitação

Domingo, 22 de Setembro de 2019, 09:44

Tamanho do texto A - A+

Capacitação

Jovens participam do primeiro encontro de integração do Agro Atitude Conecta

Por: Assessoria de Imprensa Senar-MT

Ambientação, Integração, aprendizado e um pouco de lazer. Assim foi o sábado (14.09) para os integrantes do Agro Atitude Conecta. As primeiras aulas já foram feitas na plataforma virtual e, no sábado, aconteceu o 1º Encontro de Ambientação e Integração. A programação incluiu palestras, apresentação de casos de sucesso e a oficina com o tema "Conhecendo um produto agro".

De acordo com superintende do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) e idealizador do programa, Otávio Celidonio, o objetivo do Agro Atitude Conecta é estimular os jovens universitários a engajar-se nas questões do agronegócio, preparando-os para atuarem como mobilizadores e articuladores junto a sua comunidade. "O grupo é bastante eclético e diversificado, assim como as expectativas".

Para o estudante de engenharia de controle de automação, Pablo de Oliveira Fernandes, o interesse em participar do Programa Agro Atitude Conecta se deu em função do setor do agronegócio estar diretamente relacionado com a sua futura profissão. "Quero começar a entender melhor as oportunidades que o agro oferece".

O programa tem duração de 12 meses. Ao longo deste período será presentado aos universitários oportunidades de empreender no agro. "Além disso, o conteúdo do programa contempla a preparação destes jovens para identificar problemas dentro do setor e indicar soluções", ressalta Celidonio.

Mas não é só isso. "Eles também receberão capacitação para atuarem como agentes de conexão e relacionamento para os problemas e soluções agro sociais. E é claro que ao longo deste período também será estimulada a liderança que existe dentro de cada um", complementa o superintendente.

Letícia de Assis Calmon Cerisara, estudante de Zootecnia, uma das integrantes do grupo destaca que na sua turma da faculdade todos estão sempre atentos aos treinamentos ofertados pelo Senar-MT. "Quando surgiu esta oportunidade e vimos que era um programa diferenciado, vários alunos da minha turma se inscreveram. Estamos otimistas e muito entusiasmados".

Neste primeiro encontro foi explicado como funcionará a aplicação do conteúdo virtual, os encontros presenciais e as avaliações. A metodologia diferenciada chamou a atenção da turma. Será utilizada a gamification, criada pelo programador britânico Nick Pelling, em 2002.

A técnica consiste, basicamente, em utilizar a lógica dos games em diversos contextos para promover engajamento, participação e comprometimento de pessoas e equipes. Ao todo serão 110 horas de carga horária, sendo que 58 horas serão Ensino a Distância (EaD) e 52 horas presencial.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei