Capacitação

Domingo, 16 de Setembro de 2018, 10:10

Tamanho do texto A - A+

CAPACITAÇÃO

Ampa e IMAmt levam qualificação de mão de obra em parceria com a Case IH

Por: Viviane Petroli

Da Redação Mato Grosso Agro

Foto: Viviane Petroli/Mato Grosso Agro

algodão

 

A cada dia as máquinas agrícolas chegam às lavouras com um alto nível de tecnologia e funções. A Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa) e o Instituto Mato-grossense do Algodão (IMAmt) irão levar nos próximos dias para o campo qualificação de mão de obra na produção algodoeira em parceria com a Case IH. A união entre as entidades e a fabricante de máquinas agrícolas é resultado da assinatura de um termo de cooperação técnica, cuja parceria vinha sendo costurada desde 2017.

O anúncio da parceria entre a Ampa, o IMAmt e a Case IH foi realizado durante o VI Workshop da Qualidade do Algodão, realizado no Centro de Treinamento e Difusão Tecnológica do Núcleo Regional Sul, em Rondonópolis, que contou com a presença de Mirco Romagnoli, vice-presidente da Case IH para a América Latina.

A Ampa e o IMAmt desde outubro de 2015 já implantaram em Mato Grosso cinco Centro de Treinamento e Difusão Tecnológica do Núcleo. Além de Rondonópolis, há CTDTs nas regiões de Campo Verde, Sorriso/Lucas do Rio Verde (BR-163), Campo Novo do Parecis e Sapezal com cursos e treinamentos, desenvolvimento e difusão de novas tecnologias.

"Não usamos toda a tecnologia que a indústria nos oferece por falta de trabalhadores qualificados", pontua o presidente da Ampa, Alexandre Schenkel.

De acordo com a Ampa e o IMAmt, em um primeiro momento a Case IH irá oferecer cursos sobre Operação, Manutenção e Diagnóstico para todas as máquinas que fabrica.

Ainda conforme a Ampa e o IMAmt, a oferta desses cursos será imediata, uma vez que a estrutura para as capacitações existem (CTDTs) e a Case IH dispõe de corpo técnico formado. Além disso, a parceria deverá ter outros desdobramentos através da Isvor - universidade corporativa da FCA (Fiat Chrysler Automobiles), empresa coirmã da CNH Industrial, da qual a Case IH faz parte.

"Sabemos que esse acordo trará desenvolvimento e muitos outros benefícios, como conhecimento, ações sociais e consultorias, para muita gente de Mato Grosso e da região", frisa diz Auri Orlando, diretor de Serviços da Case IH.

A parceria Ampa/IMAmt e Case IH prevê ainda a realização de projetos sociais destinados às comunidades carentes de Mato Grosso em ações desenvolvidas pelo time de sustentabilidade da Case IH em parceria com o Isvor.

"Podemos dizer que a Case IH no Brasil começou em Mato Grosso, com a importação da primeira colheitadeira Axial do mundo já com Agricultura de Precisão embarcada. O Mato Grosso ainda tem muitas oportunidades de melhoria na formação de pessoas a serem realizadas e queremos retribuir um pouco de nosso sucesso colaborando não só na formação de técnicos (operadores de máquinas e mecânicos), como também de cidadãos. O sucesso de Mato Grosso é o sucesso da Case", salienta Mirco Romagnoli, vice-presidente da Case IH para a América Latina.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei