Turismo

Domingo, 17 de Dezembro de 2017, 09:14

Tamanho do texto A - A+

FUNGETUR

Trade turístico de Mato Grosso ganha nova linha de financiamento para investimentos

Por: Viviane Petroli

Da Redação Mato Grosso Agro

Foto: Rafaella Zanol/GCom-MT

Chapada dos Guimarães

 

O trade turístico de Mato Grosso ganhou mais uma linha de financiamento, o Fundo Geral do Turismo (Fungetur). A nova linha é voltada para investimentos em infraestrutura e equipamentos e estará disponível por meio do Desenvolve MT.

A nova linha de financiamento foi apresentada para o trade turístico do estado pelo Ministério do Turismo em Cuiabá no último dia 15 de dezembro.

O Fungetur é resultado de um contrato entre o Ministério e o Desenvolve MT e, de acordo com a Secretaria-Adjunta de Turismo de Mato Grosso (Seatur-MT), os empresários do trade turístico do estado já podem procurar a partir desta semana a agência de fomento para apresentar os projetos.

Ainda segundo a Seadtur-MT, ainda para 2017 estarão disponíveis R$ 5,1 milhões para serem captados. Já para 2018 a previsão é que entre R$ 50 milhões e R$ 60 milhões sejam destinados para Mato Grosso.

O Fungetur tem como foco os pequenos e médios empreendimentos da área do turismo. Os empresários que buscarem recursos através do Fundo terão o prazo máximo de carência e de pagamento do financiamento de 5 anos e 20 anos, respectivamente.

Na área de infraestrutura o recurso poderá ser captação para ampliação ou melhoria nos estabelecimentos, como hotéis, pousadas, bares e restaurantes. Na área de aquisição de máquinas o recurso poderá ser utilizado para compra de todos os tipos de utensílios, desde copos e talheres, até barcos.

Além da apresentação de projetos, os empresários do trate turístico de Mato Grosso precisam estar cadastrados no CADASTUR, conforme exigência do Ministério do Turismo.

Durante o anúncio do Fungetur, o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, Carlos Avalone, destacou que a ideia é financiar projetos de até R$ 200 mil.

"Para o grande empresário, R$ 200 mil é pouco, mas para o pequeno e médio, isso é muito. Vamos nos reunir com os empresários e ouvir as demandas. Os recursos já estarão disponíveis a partir da próxima semana e precisamos ser ágeis para analisar e aprovar os projetos que serão apresentados", disse Avalone.

Segundo o secretário-adjunto de Turismo do Estado, Luis Carlos Nigro, o Brasil já retomou o seu crescimento econômico e "Temos que estar prontos, com bons equipamentos, infraestrutura adequada, para que o turista leve muito bem o nome de Mato Grosso para o mundo. O novo Fungetur vem para nos ajudar nisso, para que tenhamos um turismo forte, gerador de emprego e distribuidor de renda".

Ao todo oito instituições bancárias em todo país, de sete estados brasileiros, firmaram parceria com o Ministério do Turismo para operação da linha de financiamento do Fungetur. Em Mato Grosso a parceria foi firmada com o Desenvolve MT.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei