Turismo

Quarta-feira, 28 de Março de 2018, 07:53

Tamanho do texto A - A+

FIPE

Taques garante Festival de Pesca de Cáceres em junho

Por: Viviane Petroli

Da Redação Mato Grosso Agro

O Festival Internacional de Pesca Esportiva de Cáceres (Fipe), que ocorre entre os dias 06 e 10 de junho, teve o apoio do Governo de Mato Grosso garantido. O festival é considerado o maior evento da categoria mundial. A programação do Fipe conta ainda com feira de artesanato e da agricultura familiar, além de exposição de barcos e motores, festival gastronômico com comida pantaneira e shows nacionais e regionais.

A garantia de apoio do Governo de Mato Grosso para a realização do Fipe foi dada pelo governador Pedro Taques nesta terça-feira, 27 de março, durante reunião com o prefeito de Cáceres , Francis Maris Cruz, que contou com a presença do secretário adjunto de Turismo, Luis Carlos Nigro, e do deputado estadual Leonardo Albuquerque.

O prefeito de Cáceres, Francis Maris Cruz, lembrou que o evento atrai turistas amantes da pesca do Brasil e do mundo. "Esse incentivo do governo estadual ajudara muito, já que teremos um fluxo de mais de 150 mil pessoas. Todos os municípios do estado estarão com estandes para divulgar os pontos turísticos de sua região".

Ainda conforme Francis Maris Cruz, uma das novidades para a edição de 2018 é a pescaria para pessoas com necessidades especiais. Haverá ainda pesca em barranco para crianças e idosos, além da tradicional pescaria embarcada.

O secretário adjunto de Estado de Turismo, Luis Carlos Nigro, pontua que "Ainda vamos definir as questões de valores, porque é um investimento que gera muita riqueza, gera empregos e impostos em Cáceres e em toda a região".

Presente no encontro, o deputado estadual Leonardo Albuquerque salientou que "Cáceres é a capital nacional da pesca e atrai os olhares de quem gosta deste esporte e quem gosta das belezas naturais do Pantanal. O turismo é um dos pilares para o desenvolvimento e geração de emprego e mostra o que Mato Grosso tem de melhor, sua gente, sua comida, sua cultura, e sua diversidade natural".

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei