Tecnologia

Sexta-feira, 06 de Dezembro de 2019, 06:57

Tamanho do texto A - A+

para o produtor

Inovações em genética são apresentadas na inauguração do AgriHub Space em MT

Por: Assessoria de Imprensa TMG

Foto: Viviane Petroli/Mato Grosso Agro

Agrihub Space

 

Nesta quarta-feira (4), foi inaugurado na capital matogrossense, Cuiabá, o AgriHub Space. O espaço funcionará como uma incubadora de startups e será um ponto de conexão entre empresas, produtores rurais, pesquisadores, investidores e o ecossistema agrícola e de inovação. A iniciativa da LM Ventures e Sistema Famato tem como uma das empresas parceiras a Tropical Melhoramento e Genética (TMG), junto com Amaggi, Agro Amazônia/Sumitomo Corporation, Bayer e Rede de Fazendas Alfa. Na inauguração, o presidente da TMG, Francisco Soares Neto, mostrou aos participantes do evento as principais áreas de inovação da TMG que permitem o lançamento de produtos mais produtivos e abre possibilidades para o desenvolvimento de soluções genéticas importantes no Brasil, em países da América Latina e nos Estados Unidos.

Francisco Soares Neto destacou que o propósito da companhia ao ser uma das idealizadoras do AgriHub Space é o de participar do ecossistema de inovação para aprender e interagir com o setor. “A TMG pode atuar tanto como uma empresa que busca em startups soluções para a melhoria de processos internos, novas oportunidades de produtos, negócios e inovações disruptivas, mas também como uma empresa que pode oferecer inovação para o mercado”, colocou.

O presidente acrescentou ainda que a inovação está presente na TMG desde o início de sua história e que faz parte da cultura da empresa buscar soluções genéticas que transformem o trabalho e os resultados do produtor rural. “Certamente teremos novas oportunidades de desenvolver e ampliar ganhos para a agricultura e por isso acreditamos na iniciativa, pontuou.

A inovação em traits nativos é um dos exemplos consagrados da empresa brasileira que trouxe aos agricultores a possibilidade de aumentar a produtividade em áreas que sofrem com a presença do nematoide de cisto, de conviver com a ferrugem asiática da soja ao utilizar a Tecnologia Inox e também de combater a principal doença do algodão, a ramulária, através de tecnologia inédita no mundo, a RX. “Trouxemos exclusividade na soja e no algodão para problemas que tiravam o sono do produtor, hoje temos patente da nossa inovação e isso nos anima ainda mais a continuar com esse trabalho que é diferenciado”, explicou o presidente.

Além do desenvolvimento de grãos e fibras que é o trabalho genuíno da empresa, nos últimos anos a TMG também tem se tornado experiente na desregulamentação de tecnologias transgênicas, tendo conquistado a aprovação do uso comercial do gene HB4® em soja no Brasil. O gestor de Pesquisa da TMG, Alexandre Garcia, esteve na inauguração do AgriHub Space e explicou que há trabalhos em andamento para novas desregulamentações no país e que essa iniciativa, somadas a outras como Edição Gênica e uso de RNA de interferência, se incorporam ao escopo de soluções genéticas que a TMG oferece ao mercado. “Temos uma busca contínua por inovação, novas soluções, somos totalmente abertos a parcerias e colaborações”, destacou.

O AgriHub Space é o primeiro hub de inovação da agricultura e pecuária em Mato Grosso e tem como objetivo encontrar soluções e inovações para o agronegócio brasileiro. Funcionará como um hub com espaço físico para conectar e possibilitar que startups com potencial possam trabalhar e se desenvolver. As inscrições para o 1º Batch de selecionadas foi prorrogado até o dia 18 de dezembro. Para conhecer mais acesse www.agrihubspace.com.br.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei