Economia

Quarta-feira, 03 de Abril de 2019, 07:28

Tamanho do texto A - A+

SALDO POSITIVO

Sicredi alta de 15% nos Resultados obtidos em 2018, aponta balanço

Por: Viviane Petroli

Da Redação Mato Grosso Agro

Foto: Fernando Martim/Sicredi

Sicredi

 

O Sicredi Centro Norte em 2018 registrou um aumento de 15% nos Resultados ante 2017. O salto foi de R$ 403 milhões para R$ 463 milhões em sobras líquidas acrescidas das despesas de juros ao capital, representando o que o mercado financeiro chama de “lucro” das cooperativas. Conforme o Sicredi, tal lucro é partilhado entre os associados ao fim de cada exercício, proporcionalmente às suas movimentações financeiras.

Os números constam no Balanço anual da Central Sicredi Centro Norte, que abrange os estados de Mato Grosso, Rondônia, Pará e Acre.

De acordo com os indicadores, o ano de 2018 foi robustez nos resultados de modo geral. Os Ativos passaram de R$ 10,8 bilhões para R$ 13,3 bilhões de um ano para outro, incremento de 23,2%. São recursos administrados pelas cooperativas e que circulam nas comunidades em forma de crédito para empresas, pessoas físicas e produtores rurais. O Patrimônio Líquido apresentou aumento de 18,4%, ao passar de R$ 2,1 bilhões para R$ 2,5 bilhões. Os Depósitos Totais tiveram avanço de 31%, ao sair de R$ 4,8 bilhões em 2017 para R$ 6,3 bilhões em 2018.

O diretor de Desenvolvimento de Negócios da Central Sicredi Centro Norte, Ezio Filho de Almeida, pontua que os números verificados em 2018 no comparativo com 2017 "demonstram que o Sicredi é uma instituição financeira robusta e sólida, que está presente nas cidades como opção de instituição financeira para pessoas físicas urbanas, rurais e empresas, pois temos soluções financeiras para atender todas as necessidades dos nossos associados. Não temos o objetivo de lucro, mas sim de melhorar a condição econômica dos nossos associados e da região onde eles vivem. Por isso, quanto maior for nosso desempenho, mais a sociedade se beneficia, pois há um efeito cascata sobre os associados, suas famílias e a comunidade onde eles vivem".

Como apoio para o desenvolvimento dos negócios, as cooperativas que integram a Central Sicredi Centro Norte concederam R$ 9,5 bilhões em crédito (comercial e rural) no último ano, crescimento de 32,4% em relação aos R$ 7,2 bilhões registrados em 2017. A carteira do Crédito Comercial ficou em R$ 4,1 bilhões, alta de 42% em relação aos R$ 2,9 bilhões do ano anterior. O Crédito Rural evoluiu 28,5%, passando de R$ 4,2 bilhões para R$ 5,4 bilhões na variação anual. Neste segmento, as operações com recursos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) tiveram aumento de 28,7%, ao sair de R$ 501 milhões para R$ 645 milhões de um ano para outro. De recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO Rural e Empresarial), o Sicredi repassou R$ 244 milhões no último ano, mesmo valor de 2017. Nas operações com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), as cooperativas que compõem a Central movimentaram R$ 2,018 bilhões em 2018, aumento de 26,6% sobre 2017, quando contabilizou R$ 1,593 bilhão.

Outro importante indicador para o Sicredi é a poupança. Em 2018, ela teve um desempenho expressivo e a carteira atingiu R$ 1,688 bilhão, expansão de 42% sobre o saldo em carteira ao fim de 2017, quando somou R$ 1,189 bilhão. O hábito de poupar é estimulado entre todos os associados, contingente que supera 422 mil pessoas na região Centro Norte. São atendidos por 10 cooperativas, que possuem 169 agências, distribuídas entre 140 municípios nos quatro estados de atuação, sendo que em 33 deles é a única instituição financeira.

 

*Com informações Assessoria de Imprensa Sicredi Centro Norte.

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei

Preencha o formulário abaixo:

Leia mais sobre este assunto: