Indústria

Quinta-feira, 03 de Janeiro de 2019, 12:04

Tamanho do texto A - A+

BIOCOMBUSTÍVEL

Estudo da Conab aponta alta na produção de etanol de milho em Mato Grosso

Por: Viviane Petroli

Da Redação Mato Grosso Agro

Foto: Viviane Petroli/Mato Grosso Agro

milho

 

Cerca de 1/4 da oferta de etanol produzido em Mato Grosso na safra 2017/2018 é oriundo do milho. A perspectiva, conforme a Companhia Nacional do Abastecimento (Conab), é que na safra 2018/2019 haja uma demanda de quase 2 milhões de toneladas de milho pelas usinas do estado.

Os números constam no Diagnóstico da Produção de Etanol em Mato Grosso: Binômio Cana-de-açúcar/Milho, compêndio publicado pela Conab em dezembro de 2018.

De acordo com o estudo da Conab, a produção do biocombustível oriundo do milho no Brasil tende a ocupar um lugar de destaque nos próximos anos diante a produção de etanol com o cereal em Mato Grosso.

O analista da Conab e responsável técnico pelo compêndio Benancil Martins pontua que o crescimento da oferta de etanol de milho em Mato Grosso decorre ao custo de sua produção ser inferior ao da cana-de-açúcar. Além disso, o responsável técnico pelo compêndio frisa que "volume produzido do combustível proveniente da cana-de-açúcar não tem apresentado avanço significativo nas últimas safras".

Ainda de acordo com Martins, sem a transformação de milho em etanol, a produção do biocombustível no estado estaria "estagnada". "A produção total de etanol, contemplando os tipos anidro e hidratado, cresceu 37% entre as safras 2014/15 e 2017/18 em Mato Grosso, o que rendeu um incremento de 461,6 mil m3 no período, com grande contribuição do milho".

O estudo da Conab aponta que a produção total de etanol (soma de anidro e hidratado) cresceu 37% em Mato Grosso entre as safras 2014/2015 e 2017/2018, o que e rendeu um incremento de 461,6 mil m3 no período.

"O fator determinante para tal aumento foi a produção do biocombustível proveniente do milho, que registrou 410,7 mil m3 no atual ciclo", frisa o compêndio.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei