Economia

Domingo, 14 de Julho de 2019, 07:19

Tamanho do texto A - A+

REFORMA TRIBUTÁRIA EM MT

Fecomércio avalia queda na arrecadação de impostos caso PLC53 seja aprovada

Por: Viviane Petroli

Da Redação Mato Grosso Agro

Caso o Projeto de Lei Complementar (PLC) 53/2019, que tratada da revisão dos incentivos fiscais e reforma tributária em Mato Grosso, seja aprovado sem alterações pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) a arrecadação de impostos no Estado pode cair. A estimativa é da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso (Fecomércio-MT).

Segundo dados do Impostômetro, até o dia 12 de julho Mato Grosso arrecadou R$ 17.838 bilhões em impostos. O montante equivale a 55,6% dos R$ 32.038 bilhões durante todo o ano de 2018. Ainda conforma a Fecomércio, com base no Impostômetro, a arrecadação vem apresentando um aumento de 6,6%, para tanto é esperando que em 2019 os mato-grossenses paguem R$ 34.152 bilhões em impostos.

A Fecomércio-MT pontua que "Caso o projeto lei complementar nº 53/2019 seja aprovado do jeito que foi apresentado pelo Poder Executivo estadual que aumenta a tributação do produto final, que será pago pelo consumidor, os comerciantes temem que a arrecadação pode sofrer uma retração, devido à queda no poder de consumo, que resulta em fechamento de lojas e, consequentemente em demissões".

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei