Construção Civil

Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018, 08:02

Tamanho do texto A - A+

SINDUSCON MATO GROSSO

Custo do metro quadrado da construção será debatido em Cuiabá

Por: Viviane Petroli

Da Redação Mato Grosso Agro

A atualização das referências de custo do Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (Sinapi) será tema de seminário em Cuiabá no próximo dia 27 de setembro. O evento tem como intuito mostrar como o Sinapi auxiliar na previsão orçamentária e planejamento para execução de obras públicas.

O Seminário sobre a Revisão do Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (Sinapi) é promovido pelo Sindicato das Indústrias da Construção do Estado de Mato Grosso (Sinduscon-MT), a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e o Senai Nacional. O evento será realizado no auditório do Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt), no horário das 14 às 17h30.

De acordo com o Sinduscon-MT, o seminário tem como público-alvo empresários da construção civil, dirigentes das construtoras, orçamentistas, engenheiros, professores universitários, acadêmicos, contratantes de obras da União, Estado e Municípios; concessionárias de serviços públicos, autarquias, empresas públicas, agências, secretarias de obras e de infraestrutura, técnicos de órgãos fiscalizadores e normatizadores, tais como Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE/MT), Controladoria Geral do Estado (CGE), Ministério Público Estadual (MPE), Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de Mato Grosso (CREA-MT) e Polícia Federal em Mato Grosso (PF/MT); além de representantes da Caixa Econômica Federal em Mato Grosso.

Interessados em participar do evento podem se inscrever no e-mail sinduscon.mt@terra.com.br enviando nome, profissão/função e empresa/instituição.

O seminário contará com a presença de três palestrantes. O engenheiro civil Gerado de Paula Eduardo, consultor da Comissão de Obras Públicas (COP/CBIC) e gestor de Projeto de Revisão do SINAPI/CBIC; a engenheira civil Luciana Andrade Carlos de Mendonça, orçamentista do SindusCon/PE; e o arquiteto Mauro Fernandes Martins de Castro, gerente Executivo do Sinapi na Caixa Econômica Federal.

"Os profissionais que atuam na construção civil não podem deixar de aproveitar esta chance para atualização profissional e saber como utilizar o sistema de forma mais adequada na elaboração dos seus orçamentos", pontua o presidente do Sinduscon-MT, Julio Flávio Campos de Miranda.

O presidente do Sinduscon-MT lembra que há muitas distorções em nível de Brasil para insumos utilizados no setor. "Mato Grosso é um estado de dimensões continentais, onde grande parte dos insumos chega via transporte terrestre. Então os custos com logística fazem com que o preço final de um produto seja diferente entre o praticado em Alta Floresta e o praticado em Rondonópolis, por exemplo. Existem insumos onde a diferença de preço chega a quase 100% por causa da distância do centro produtor".

Avalie esta matéria: Gostei +1 | Não gostei - 3