Comércio

Segunda-feira, 09 de Setembro de 2019, 19:05

Tamanho do texto A - A+

COMÉRCIO

CDL Cuiabá acredita que se planejar é a melhor forma de evitar a inadimplência

Por: Assessoria de Imprensa CDL Cuiabá

Uma pesquisa do indicador do bem-estar financeiro realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojista-CNDL e pelo Serviço de Proteção ao Crédito- SPC BRASIL, demonstra o comportamento dos consumidores diante das perspectivas atuais da economia brasileira.

Segundo levantamento, 60% dos brasileiros chegam ao fim do mês sem sobras de dinheiro.

Praticamente um terço (29%) consegue, às vezes, fazer uma reserva e apenas 10% guardam sempre ou frequentemente alguma quantia. Já 22% temem que o dinheiro não dure.

A pesquisa é realizada através do nível de bem-estar financeiro de cada consumidor que varia de acordo com respostas dadas em dez questões que avaliam os hábitos, costumes e experiências com uso do dinheiro. Em uma escala que varia de zero a 100, quanto mais próximo de 100, maior o nível médio de bem-estar financeiro da população; quanto mais distante de 100, menor o nível. Deste modo, o indicador de Bem-Estar Financeiro registrou 48,9 pontos em agosto, evolui relativamente em comparação ao mês de julho que atribuiu 48,0 pontos. O levantamento é que mesmo a evolução não sendo tão significativa, expressa uma confiança que o consumidor segue em conquista do bem-estar financeiro.

Dados apurados no mês agosto mostram que sete em cada dez (68%) entrevistados reconhecem não ter capacidade de lidar com imprevistos e apenas 9% dizem conseguir arcar com despesas que extrapolam o orçamento.

Os consumidores devem ter um planejamento, e atenuar para os gastos que “roubam seu orçamento”, aqueles imprevistos que aparecem e te deixam no vermelho ao final do mês. Quando você planeja e administra seu dinheiro, você contribui para a economia do país, especialmente na redução de inadimplência, e assim proporciona ao país e aos empresários mais investimentos necessários para o crescimento, sem contar que você também aprende a ter uma “reserva emergencial”.

Estar no limite do orçamento tem sido a realidade de muitos brasileiros. Segundo a pesquisa, que aponta o levantamento, 61% reconhecem não aproveitar a vida por administrar mal o dinheiro, enquanto 31% não conseguem viver plenamente em razão de sua condição financeira. Além disso, 43% afirmam que nunca ou raramente poderiam dar um presente — seja de casamento, aniversário ou em alguma outra ocasião especial — sem prejudicar as finanças do mês.

Somado a isso, para 63% a situação financeira acaba controlando a sua vida em algum grau e 19% tem deixado a desejar o cuidado com suas finanças: Conquistar sua independência financeira e ficar longe daquelas contas, exige certa disciplina perante seu orçamento, mas a ideia é que, quando você coloca sua vida financeira na ponta da caneta, você pode conquistar todos seus sonhos e objetivos e, ao final, isso será uma recompensa.

Para a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL Cuiabá) a melhor forma de se evitar a inadimplência, continua sendo o planejamento. “Mesmo diante do cenário econômico do Brasil caminhando lentamente, a CDL Cuiabá tem perspectiva positiva de crescimento e orienta os consumidores a se planejarem para evitar inadimplência ao final do mês. A população brasileira não tem o habito de se organizar financeiramente, e mesmo com esse cenário, a melhor opção diante das incertezas do dia-a-dia, é se planejar”, declarou o superintendente da entidade, Fábio Granja.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei