Agronegócio

Quarta-feira, 16 de Outubro de 2019, 12:14

Tamanho do texto A - A+

agronegócio

SLC Agrícola investe em ações de sustentabilidade alinhadas com agenda global

Por: Assessoria de Imprensa SLC Agrícola

Foto: Viviane Petroli/Mato Grosso Agro

colheita soja

 

O ano de 2019 tem sido especial para o tema Sustentabilidade na SLC agrícola. Desde a revisão anual do planejamento estratégico em 2018, a empresa definiu que seria um momento de dar mais visibilidade às ações voltadas ao assunto através de uma comunicação mais efetiva. Para tanto também seriam explorados os grandes temas que afetam o negócio assim como as principais conquistas da "Campanha de Sustentabilidade".

A intenção é mostrar a importância da biodiversidade das práticas que cuidam da saúde dos solos, da segurança do trabalho, a importância da água, da gestão e o controle dos resíduos sólidos e efluentes líquidos e os projetos em parceria com diversas instituições, governos, acionistas e demais partes interessadas no negócio da SLC Agrícola. "Acima de tudo, a ideia é evidenciar como um todo esse trabalho e como ele tem impactado as comunidades", destaca o diretor de RH e Sustentabilidade da SLC Agrícola, Álvaro Dilli.

Recentemente, em um workshop com gerentes e diretores da empresa, com o apoio da consultoria Ideia Sustentável, foi definido o posicionamento estratégico acerca da sustentabilidade em três eixos: solos e mudanças climáticas, biodiversidade e água e a relação com as partes envolvidas, ou seja, os stakeholders. O trabalho também trouxe para o debate a agenda mundial da Organização das Nações Unidas (ONU) 2030, referente aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que é o acordo entre o 193 países-membros que buscam atender as necessidades universais em cinco áreas: pessoas, planeta, prosperidade, paz e parcerias

De acordo com Dilli, a SLC Agrícola decidiu se aprofundar nos temas para decidir entre as 17 ODS quais seriam as prioridades, nas quais foram escolhidas as ODS 8, sobre trabalho decente e crescimento econômico, ODS 12, sobre consumo e produção responsáveis, ODS 13, sobre ação contra mudança climática global, ODS 14, sobre vida na água, e ODS 15, sobre vida terrestre. "É importante ressaltar que para cada um dos três eixos estratégicos definidos alcançamos ODS prioritários. Elaboramos planos metas e indicadores de progresso que deverão ser gerenciados e publicados anualmente nos relatórios de sustentabilidade prestando contas das ações e desafios a todas as partes interessadas no negócio da SLC agrícola", observa.

Conforme o diretor de RH e Sustentabilidade da SLC Agrícola, a empresa evoluiu nos últimos dez anos em termos de sustentabilidade, com implantações do Sistema de Gestão Integrada com três normas internacionais tipo ISO, além de certificações internacionais como RTRS para soja, ABR/BCI para o algodão, entre outras iniciativas que geram valor. "Anualmente mais recentemente realizamos pelo segundo ano consecutivo o inventário de carbono em nossas fazendas em busca de um diagnóstico sobre o impacto no tema de mudanças climáticas com a emissão dos gases de efeito estufa. Estamos trabalhando em um plano para tornar nossas emissões líquidas neutras até 2025, contribuindo diretamente para a redução do aquecimento global em nossas atividades produtivas", salienta.

Dilli reforça que, alinhados com agenda 2030 da ONU, desta forma os desafios da SLC Agrícola aderem fortemente aos valores e Sonho Grande da empresa, que é impactar positivamente as gerações futuras sendo líder mundial em eficiência no negócio agrícola e respeito ao planeta. "Estamos orgulhosos de pertencer a uma empresa moderna pioneira e adiante do seu tempo, na medida em que colocamos o tema sustentabilidade definitivamente na estratégia de crescimento, tendo como pano de fundo o equilíbrio entre os aspectos econômico, social e ambiental", conclui.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei