Agronegócio

Quinta-feira, 07 de Novembro de 2019, 09:49

Tamanho do texto A - A+

em Goiás

SLC Agrícola apoia projeto de fomento ao empreendedorismo e à autoestima em escolas públicas

Por: Assessoria de Imprensa SLC Agrícola

Estimular a autoestima de alunos de escolas públicas do país, incentivando a permanência na escola e a crença de que seus sonhos são possíveis. Esse é o principal objetivo do projeto Empreender - Para um Mundo Melhor, realizado pela Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania e VR Projetos, com apoio da SLC Agrícola. A iniciativa vai envolver mais de 1,5 mil alunos de escolas das cidades de Cristalina e Luiziânia, em Goiás.

As primeiras atividades no calendário do projeto acontecerão entre 06 e 11 de novembro, quando professores e estudantes, entre o sexto e o nono ano do Ensino Fundamental, serão contemplados com ações nas Escolas Municipais Argeu Paim e Souza Lima, de Cristalina, e no Centro de Cultura e Convenções, além da Fazenda Pamplona, em Luiziânia. O evento na Fazenda também contará com a presença das famílias de colaboradores da SLC Agrícola. Os jovens irão assistir ao espetáculo teatral “Menino Sonhador”, realizado pelo grupo profissional Pregando Peça, que conta as aventuras no sertão dos personagens Zé e João. Já os professores participarão de uma oficina prática, ministrada pela jornalista Cristiane Ostermann.

"Essa iniciativa é de grande relevância para a nossa empresa, pois está alinhada ao nosso Sonho Grande de gerar impactos positivos nas gerações futuras. É muito gratificante proporcionar às escolas e aos jovens a oportunidade de refletirem sobre como a educação pode transformar realidades e ajudar na realização de sonhos", afirma a gerente de Gestão de Pessoas e Comunicação Corporativa da SLC Agrícola, Déa Machado. O Projeto Empreender faz parte de uma série de investimentos que a SLC Agrícola vem realizando nos últimos anos por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Ministério da Cidadania. “O propósito de promover a educação empreendedora e fomentar boas relações entre alunos e professores vai totalmente ao encontro do que acreditamos que pode gerar importantes impactos positivos na sociedade”, reforça Déa.

Avalie esta matéria: Gostei +2 | Não gostei