Agronegócio

Domingo, 18 de Março de 2018, 11:56

Tamanho do texto A - A+

09 A 12 DE ABRIL

Parecis SuperAgro mostrará para jovens que é possível empreender no agronegócio

Por: Viviane Petroli

Da Redação Mato Grosso Agro

Foto: Thiago Rocha/Parecis SuperAgro

Parecis SuperAgro

Parecis SuperAgro terá em sua 11ª edição a tecnologia como foco.

Os jovens, além dos produtores rurais, também serão alvos da 11ª Parecis SuperAgro. Um painel será dedicado para as novas gerações mostrando que existe um universo tecnológico dentro do celular para além do Whatsapp e que pode ser aplicado dentro do campo e possibilitar uma fonte de renda será realizado durante a feira. Segundo a presidente do Sindicato Rural de Campo Novo do Parecis, Giovana Velke, o “objetivo é abrir os olhos do Mundo para a tecnologia no agronegócio”.

As possibilidades existentes em se empreender no universo do agronegócio serão apresentadas durante o painel “Como começar a empreender no agro” no dia 11 de abril, penúltimo dia da Parecis SuperAgro, que ocorre em Campo Novo do Parecis entre os dias 09 e 12 de abril. A entrada é gratuita.

A cada edição a Parecis SuperAgro busca abordar temas considerados relevantes e necessários para o dia-a-dia no campo de modo que envolvam produtores, sociedade em geral, empresários, demais setores econômicos envolvidos na área do agronegócio e, principalmente, os jovens, que são o futuro do setor.

A Parecis SuperAgro em 2018 vem com o tema "Revolução Digital no Campo: como acompanhar essa transformação?" e, de acordo com a presidente do Sindicato Rural de Campo Novo do Parecis, Giovana Velke, os jovens não poderiam ficar de fora dessa temática.

“Esse painel ‘Como começar a empreender no Agro’ é focado mais para os jovens para mostrar para eles as possibilidades que existem de carreira e ganhar dinheiro no Mundo do agronegócio”, disse Giovana Velke em entrevista ao Mato Grosso Agro no dia do lançamento da feira tecnológica e de negócios em Campo Novo do Parecis no dia 07 de março.

Segundo Giovana Velke, o que se quer mostrar para as novas gerações é que “o celular não funciona apenas para o Whatsapp”. “Queremos mostrar que a partir de um aparelho de celular a gente tem infinitas possibilidades de ganhar dinheiro através da tecnologia. E, ao mesmo tempo aquele jovem que não tem nada haver com o agro que ele consiga também enxergar tais possibilidades”.

Entre as possibilidades, aponta a presidente do Sindicato Rural de Campo Novo do Parecis, que existem dentro do universo do agronegócio e que podem ser trabalhadas pelas novas gerações diante a tecnologia está o desenvolvimento de ferramentas que podem auxiliar os produtores a terem uma melhor autonomia de produtividade, um melhor manejo, administração de seus negócios e gestão, por exemplo.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Preencha o formulário abaixo:

Leia mais sobre este assunto: