Agronegócio

Segunda-feira, 15 de Abril de 2019, 07:24

Tamanho do texto A - A+

MAIS DE 130 EXPOSITORES

Parecis SuperAgro já tem data para 2020; feira movimentou o Chapadão do Parecis

Por: Viviane Petroli

Da Redação Mato Grosso Agro

Com mais de 130 expositores e mais de 15 mil pessoas, a Parecis SuperAgro encerrou no dia 12 de abril em Campo Novo do Parecis com agenda reservada no calendário dos produtores rurais para 2020. A feira será entre os dias 31 de março e 03 de abril. Segundo organizadores, palestrantes e visitantes, o saldo que se tira da 12ª edição é positivo e com um convite “para a mudança pessoal, social e política”.

Gabriel Carneiro Costa, coach, escritor e palestrante internacional, encerrou a edição de 2019 da Parecis SuperAgro. Foi ele quem lançou o convite durante a sua palestra “Impacto de um Propósito” para a "mudança".

“As pessoas mudam. Quando você identifica o seu propósito e age, a mudança ocorre. Não há atalhos. É preciso disposição para deixar de ser o que você é e ir rumo ao que você quer ser”, disse Gabriel em meio a palavras de motivação e inspiração.

Segundo o prefeito municipal, Rafael Machado, “Esta feira reflete o empenho e a participação da população de Campo Novo do Parecis. Com todos os desafios que temos, crescemos ano a ano graças à participação e coragem das pessoas”.

A Parecis SuperAgro ocorreu em Campo Novo do Parecis entre os dias 10 e 12 de abril, tendo a sua largada com um Dia de Campo no dia 09 de abril e a realização do Leilão Solidário Parecis SuperAgro 2019, que registrou mais de R$ 300 mil arrecadados que serão destinados ao Hospital de Câncer de Mato Grosso (HCan) e o Centro Hospitalar Parecis (CHP).

“Quando a gente alcança uma conquista, beneficia toda a sociedade, mesmo que de forma indireta”, destaca o presidente do Sindicato Rural, Antonio Brolio.

Conquistas reveladas

Outra conquista comemorada na 12ª edição da Parecis SuperAgro foi a garantia dada pela operadora de telefonia celular Claro de lançamento, no segundo semestre, da tecnologia 4G no município. Com uma população de 40 mil habitantes, Campo Novo do Parecis ainda enfrenta dificuldades para se manter conectada. “Atividades rotineiras, como emitir uma nota fiscal eletrônica, podem se tornar muito difíceis”, exemplifica o produtor rural Adolfo Petry.

Petry esteve à frente de uma mobilização de entidades rurais, no ano passado, que buscou alternativas para superar o déficit de conectividade na região do Chapadão do Parecis. À época, compunha a diretoria do Sindicato Rural. “Com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT), contratamos consultoria e fomos de porta em porta, em Brasília, para mostrarmos o potencial que nossa região tem. Conseguimos alguns frutos. No início deste ano, Campo Novo recebeu fibra óptica e fecharemos 2019 com 4G”, comemora Petry.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei

Preencha o formulário abaixo:

Leia mais sobre este assunto: