Agronegócio

Domingo, 13 de Outubro de 2019, 08:00

Tamanho do texto A - A+

Budapest Water Summit

Ministério da Agricultura e Embrapa participam de agenda científica na Hungria e Inglaterra

Por: Embrapa

Entre os dias 14 e 20 de outubro, o presidente da Embrapa, Celso Moretti, e o secretário de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do Ministério da Agricultura, Fernando Camargo, participam do Budapest Water Summit 2019, na capital da Hungria. A terceira edição da conferência, promovida pelo governo húngaro, terá como tema principal “Prevenindo crises hídricas”. A expectativa é de que dois mil representantes de diversos segmentos, entre os quais pesquisadores de várias partes do mundo, discutam a pressão sobre os recursos hídricos e seus impactos ambientais, sociais e econômicos.

A agenda faz parte da aproximação política e consolidação de parcerias entre os dois países, formalizadas na semana passada durante a V Reunião da Comissão Econômica Mista (Comista) Brasil – Hungria.

Estão previstos painéis sobre silvicultura e manejo florestal, métodos inovadores de cultivo e melhoramento e irrigação e gestão da água na agricultura, do qual haverá a participação do secretário Fernando Camargo, de representantes da América Latina e do Instituto de Pesquisa em Irrigação e Gerenciamento de Água da Hungria.

No dia 17, a convite do secretário de estado do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Hungria, Csaba Balogh, Celso Moretti participa do IV Fórum Hungria – América Latina sobre métodos inovadores de cultivo e criação, ao lado de representantes do Uruguai, Paraguai, Colômbia, Chile e Argentina.

Painel Global

Em seguida à participação no Budapest Water Summit, o presidente da Embrapa tem presença confirmada no evento promovido pelo Painel Global sobre Agricultura e Sistemas Alimentares para Nutrição, em Windsor, Inglaterra. Realizado de 21 a 23 de outubro, o encontro vai debater o realinhamento de sistemas alimentares para fornecer dietas saudáveis para todos. Moretti, que é um dos membros do Painel Global, representando a Embrapa, vai estar na mesa-redonda final.

Em 2017, quando pela primeira vez o Brasil sediou um evento da instituição, a Embrapa, em parceria com o Painel Global, lançou a publicação “Melhoria da nutrição através do aprimoramento dos ambientes alimentares”, após a Oficina sobre Sistemas Alimentares e Qualidade das Dietas, realizada em Brasília. No documento, que traz recomendações sobre medidas que afetam a dinâmica da oferta de alimentos, foram destacados os dados que reforçam os efeitos da má nutrição em todo o mundo.

E finalmente no dia 23, o presidente participa da mesa de abertura do AgriSustainability Talks, ao lado do embaixador do Brasil no Reino Unido, Fred Arruda. Na pauta dos debates do evento, a rastreabilidade da produção, biocombustíveis e sustentabilidade, proteção de culturas e segurança alimentar e sistemas integrados de produção de alimentos. Estarão presentes também o coordenador do Labex-Europa da Embrapa, pesquisador Vinícius Guimarães, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e o presidente da Frente Parlamentar Agropecuária, deputado Alceu Moreira.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei