Agronegócio

Segunda-feira, 04 de Março de 2019, 09:06

Tamanho do texto A - A+

PREVISÃO DE SAFRA

ANEC e ANEA debateram Lei Kandir e trade war em evento no município de Sorriso

Por: Viviane Petroli

Da Redação Mato Grosso Agro

A Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec) e a Associação Nacional dos Exportadores de Algodão (Anea) reuniram no dia 27 de fevereiro no município de Sorriso produtores rurais, sindicatos e associações ligadas ao setor produtivo mato-grossense para o 11º Encontro de Previsão de Safra. Entre os pontos debatidos estava a Lei Kandir e o “Trade War”.

“A verdadeira missão da ANEC é o apoio incondicional ao setor produtivo”, disse Sérgio Mendes, diretor geral da ANEC/ANEA durante o evento em Sorriso.

Um dos pontos altos do evento foi a Lei Kandir, cuja importância foi destacada por Sérgio Mendes, para o crescimento da produção e exportação de soja brasileira que, desde a sua promulgação, andam de mãos dadas. A Lei Kandir entrou em vigor em novembro de 1996 e dispõe sobre o imposto dos estados e do Distrito Federal, nas operações relativas à circulação de mercadorias e serviços (ICMS). Ela isenta do tributo ICMS os produtos e serviços destinados à exportação e está novamente em discussão.

Outro ponto discutido pelo diretor geral da ANEC/ANEA foi o "Trade War" e seus efeitos nas projeções para este ano. O ponto também foi ressaltado por André Pessôa, sócio diretor da Agroconsult, uma vez que a “A guerra comercial levou a um aumento significativo no estoque de soja americano. Temos agora um concorrente fora de época com estoque, competindo no mesmo período do ano”.

Durante o encontro projeções para a safra 2018/2019 no Brasil e em Mato Grosso foram apresentadas pelo sócio diretor da Agroconsult, que também levou algumas reflexões quanto a temporada 2019/2020.

Avalie esta matéria: Gostei | Não gostei